Scroll to top
© 2020, Makeadream - Digital Craft Agency
Share
en pt

Os mitos da transformação digital

Transformação digital é um conceito que nos dias de hoje todos conhecemos, promete às empresas coisas como inovação, lucro acrescentado e processos simplificados para citar apenas algumas. Além disso, a ideia de repensar como usamos a tecnologia para criar novas fontes de receita e modelos de negócio não é, de todo, uma ideia nova.
Assim sendo, qualquer transformação nos negócios deve ser encarada como uma jornada e não apenas um momento de “hype”  impulsionado pela tecnologia. O problema reside na dificuldade em encontrar valor no meio de muitos equívocos.

Sendo a transformação digital uma das prioridades máximas entre os CEO’s de todo o mundo, os líderes precisam compreender a melhor forma de como lidar com as mudanças nos modelos de negócio, nas preferências dos clientes e na tecnologia para criar vantagem nos negócios.

Urge a necessidade de entender o que mudar, o que priorizar e qual a velocidade necessária.
Embora a ideia de utilizar a tecnologia para melhorar o desempenho pareça simples à partida, a transformação digital tornou-se num conceito confuso para muitos.

 

Os mitos da transformação digital

Para ajudar a separar os factos da ficção e desmistificar alguns conceitos que, talvez por falta de informação e por serem repetidos diversas vezes erradamente, vamos desmistificar alguns dos maiores mitos em torno da transformação digital.

 

A transformação digital é um projeto “one shot”

Um dos maiores mitos em torno da transformação digital é que é um projecto como qualquer outro que precisa ser posto em marcha e concluído. No entanto, é muito mais complicado do que apenas ligar um interruptor… é um processo contínuo que deve evoluir junto com a tecnologia e as expectativas dos clientes.

 

Transformação Digital e Digitalização é a mesma coisa

A utilização da palavra “digital” no título de muitos processos e conceitos pode rapidamente tornar turva uma visão que tem de ser clara. A digitalização é sobre o uso de ferramentas e tecnologias digitais para optimizar, por exemplo, um processo. A mesma concentra o seu foco na eficiência, contenção de custos e melhoria das operações.

Por outro lado, a transformação digital não é um conjunto de projetos. É uma mudança organizacional orientada para o cliente que inclui a implementação de tecnologias digitais.

 

O CIO, CTO ou CDO é o owner da transformação digital

É perfeitamente natural presumir que a equipa digital terá o ownership do processo de transformação. No entanto, embora seja natural que seja a equipa mais proficiente em tecnologia a ser a equipa “champion”, a mesma deverá, imperativamente, ser apoiada e liderada pelo CEO e restante equipa executiva.

 

A transformação digital resume-se a investir em tecnologia

Embora a tecnologia seja uma parte integrante e muito relevante na transformação digital a mesma não se resume apenas a isso e trata-se de um processo bastante mais profundo. As barreiras culturais e organizacionais devem ser removidas para que seja possível tirar proveito das novas ferramentas e processos.

 

“O comboio já arrancou, já estão todos à nossa frente…”

Na era da informação, é fácil (e perfeitamente legítimo) assumir que todos os negócios estão já bastante avançados no processo de transformação digital e a sua empresa está a ficar para trás.
A probabilidade desta afirmação estar errada é muito superior ao que imagina.
Entre o que é comunicado e a realidade existe uma distância considerável.

 

Empregos serão colocados em risco

Muitos colaboradores temem, legitimamente, que ao abraçar a tecnologia o resultado final será de que as máquinas irão substituir as pessoas no local de trabalho. No entanto a tecnologia irá inevitavelmente alterar a forma como trabalhamos, as job descriptions e as funções que são executadas diariamente, mas as pessoas não serão todas substituídas nem têm os seus postos de trabalho em risco. Toda a tecnologia depende de pessoas para analisar dados, por exemplo, e pensar em novas ideias e acções para continuar a alavancar negócio e a empresa seguir em frente.

 

A transformação digital é uma estratégia

A transformação digital não deve ser encarada como uma nova estratégia de negócio,  mas sim de um catalisador da estratégia de negócio existente. A transformação digital deve ajudar a calibrar as organizações para que as suas estratégias obtenham o maior retorno possível e amplificar o impacto das mesmas mas normalmente não existe a necessidade de adopção de uma estratégia digital isolada.

 

A verdade sobre a transformação digital

Ao compreender do que trata a transformação digital e a aquisição de conhecimento sobre a mesma irá permitir que utilize o conhecimento adquirido de forma a implementar novas tecnologias e processos de forma a amplificar os activos e as capacidades da sua organização.
Por fim, a transformação digital é uma proposta centrada no cliente, oferecendo-lhe valor acrescentado resultando no crescimento da sua organização.

 

Aqui está o reverso da medalha, de forma resumida e concisa:

  • A transformação digital é um esforço de toda a empresa, liderado pelo CEO e apoiado pelas primeiras linhas
  • A transformação digital é um processo contínuo
  • A transformação digital é mais do que um conjunto de projetos para digitalizar processos
  • A maioria das empresas está apenas a sua jornada de transformação digital
  • A transformação digital deve ampliar as capacidades humanas, não substituí-las
  • A transformação digital precisa mais do que tecnologia; é uma mudança cultural.
  • As organizações não precisam de uma estratégia de transformação digital; A estratégia de negócios deve ser construída em torno dos recursos digitais.

 

Se tudo correu como pretendido, agora que chegamos ao final deste artigo, tem agora uma melhor compreensão relativamente aos factos e ficção que gravitam em torno da transformação digital.
A transformação digital pode oferecer recompensas bastante atraentes mas se o conceito não estiver bem compreendido e absorvido poderá colocá-lo num caminho que não é o correcto.
A transformação digital é, na sua génese, apenas a transformação a nível do negócio, um processo partilhado por todos que fazem parte da empresa. Não é um processo tão grande ou assustador como pode parecer, mas carece de comprometimento a todos os níveis organizacionais.

Cada aspecto da transformação digital deve ser baseado na compreensão das pessoas.

Ao longo do tempo irão certamente surgir imensas inovações ao nível do digital, mas o digital nem sempre é a resposta. A transformação digital refere-se à integração do digital com as pessoas.

Devemos fazer uso da tecnologia para tornar melhor a vida dos nossos clientes e dos nossos colaboradores, se conseguirmos atingir esta meta, iremos conseguir chegar às recompensas que a transformação digital promete.

Related posts

Post a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *